Abraço de Pai.

Quanto eu esperei!
Ansioso queria te ver
E te falar o que há em mim
Já não podia me conter

Me decidi, Senhor
Hoje quero rasgar meu viver
E te mostrar meu coração
Tudo que tenho e sou

E por mais que me falem, não vou desistir!
Eu sei que nada sou, por isso estou aqui
Mas eu sei que o amor que o Senhor tem por mim
É muito mais que o meu, sou gota derramada no mar

Quanto tempo também o Senhor me esperou
Nas tardes encontrou saudade em meu lugar
Mas ao me ver na estrada ao longe voltar
Num salto se alegrou e foi correndo me encontrar

E não me perguntou nem por onde eu andei
Dos bens que eu gastei, mais nada me restou
Mas olhando em meus olhos somente me amou
E ao me beijar, me acolheu num abraço de pai

Preconceito eu digo Não.

Observando claramente os debates sobre preconceitos no ensino médio, cheguei a conclusão que eles muitas vezes eles mascaram preconceito. Esta tudo bem se alguém disser “Não tenho preconceito com negro, até tenho um amigo negro”. Como se fosse um troféu, ou uma carta entregue pra livrar da culpa de reproduzir atos preconceituosos. 
O mesmo acontece com a comunidade LGBT, todos dizem “não pode ter preconceito” mas chamam o colega de “viado” a amiguinha que não tem namorado de “sapatão”, como se fosse algo vergonhoso ou pudesse ser usado como insulto. Presenciei varias cenas dessa. As pessoas reprodurem preconceito ser saber. Ou até sabem e não querem parar. Ouvi certa vez que eu vitimizava esse tipo de coisa. Pensei em todas as vezes que via as pessoas se sentirem aliviadas por ter um amigo gay, negro ou pertencente a qualquer outra minoria. 
Aquilo era uma maneira de escapar dos debates, dizendo que se aquela pessoa era seu amigo, portanto não havia preconceito. Mas há, há sim e muito. Precisa ser discutido, porém corretamente. Não se pode parar a discussão sempre que alguém diz “tenho um amigo assim e não desrespeito ele”. É preciso desconstruir todo o preconceito escondido nas pequenas palavras, nesse momento talvez passamos a dar voz a minoria oprimida. Talvez também nesse momento as pessoas tomem consciência que preconceito não é feito somente de agressões físicas mas também de agressões verbais camufladas em discursos prontos.

 

Para um racista, nada é racismo. Para um homofóbico, nada é homofobia. Para um machista, nada é machismo. Para os três, tudo é vitimismo.
 
Deus ainda vai dar aquela resposta que o teu coração tanto espera.
 
Esperar que uma pessoa seja diferente das outras, é pedir pra se decepcionar.
 
Não sou muito diferente de você, tenho algumas lembranças dolorosas na mala, alguns erros que gostaria de reparar e uma vontade gigantesca de ser melhor do que sou.

 

Um abraço faz toda a diferença.

 

Você é livre.

Não deixe que te digam o que fazer. Faça apenas o que tem vontade, você tem essa liberdade. Você é livre pra fazer o que quiser, sentir o que quiser… Desde que não prejudique ninguém, obviamente. As escolhas são suas, as decisões são suas. Ninguém vai arcar com as consequências além de você. Por isso deve ser você quem faz suas escolhas. Você deve mandar na sua vida, você deve guiá-la. Do que adianta viver se não for do seu jeito?

 

Livro da vida.

Toda pessoa que recusa entregar-se a Deus, acha-se sob o domínio de outro poder. Não pertence a si mesma. Pode falar de liberdade, mas está na mais vil servidão. Não lhe é permitido ver a beleza da verdade, pois sua mente se encontra sob o poder de Satanás. Enquanto se lisonjeia de seguir os ditames de seu próprio discernimento, obedece à vontade do príncipe das trevas. Cristo veio quebrar as algemas da escravidão do pecado para a alma. ‘Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.’ (Jo 8:36).

 

Desigualdade.

Nós somos vítimas da violência estúpida que afeta todo Mundo, menos esses vagabundos lá da cúpula corrupta hipócrita e nojenta
Que alimenta a desigualdade e da desigualdade se alimenta
Mantendo essa política perversa
Que joga preto contra branco, pobre contra rico e vice-versa
Pra eles isso é jogo, esse é o jogo
Se morre mais um assaltante ou mais um assaltado,tanto faz
Pra eles não importa, gente viva ou gente morta
É tudo a mesma merda
Os velhos nas portas dos hospitais, as crianças
mendigando nos sinais
Pra eles nós somos todos iguais
Operários, empresários e presidiários e policiais
Nós somos os otários ideais!!

O corpo é templo do Espírito Santo.

Uma mulher que acha que somente expondo seu corpo mostrará seu valor na verdade está provando para si mesma que não possui outras qualidades além disso. De nada adianta uma bela visão grátis dos seios se por trás deles há um coração batendo triste e carente por algo que o decote não trará. Expor um corpo bonito e saudável não te dará o valor e muito menos a satisfação que uma alma bonita e saudável te dará. O corpo é Templo do Espírito Santo e não playground liberado ou amostra grátis. Valorizar-se é amar-se. Esta é minha opinião, não me importa se alguém discorda.

 

 

Se ame.

Primeiramente se ame. Goste do seu corpo, da sua voz e do seu jeitinho. Aceite a mania que você tem de se apegar ou se desapegar. Goste do seu cabelo seja ele ondulado, crespo, liso, enrolado… Fique contente ao se vestir, pois você se veste para si mesmo; para se agradar. Goste do seu andar e do seu falar. Seja sua voz fina, grossa, rouca, ou de qualquer outra maneira. Goste do seu andar seja ele torto, reto, apressado ou lento. Ame o seu peso, e caso não se contente, se esforce até gostar. Se contente com sua altura. Se contente com você e com o seu eu. Se contente com seus jeitos e manias. Goste do seu sorriso, pode ser tortinho, amareladinho, mas sorrir faz parte da felicidade. Goste da maneira como gesticula ou como pega gírias rapidamente. Goste de sua mania de sentir. Goste da sua maneira de demonstrar ou não o amor. Goste de você. Ame a si mesmo. Ame. Ame mesmo. Se namora, para depois pensar em amar outro alguém.
 
O mundo ta cheio de pessoas que se gostam, sentem vontades, sentem saudades, conversam por horas, mas não estão juntas.
 

Você é linda(o), e sempre será.

Eu acho que existe uma falha inerente em encontrar o nosso valor no espelho, buscamos beleza ali, mas nunca vamos encontrá-la, pois espelhos mentem em muitos aspectos, eles nos dizem o que nós pensamos que vemos nossas expectativas, inseguranças e mentiras que criamos ao longo dos anos, não são um verdadeiro reflexo de quem realmente somos, e definitivamente a nossa beleza. Os nossos corpos, o físico: olhos, lábios, cabelos, mãos, braços, pernas, sorrisos são peças maravilhosas de cada um, as peças destinadas a serem valorizadas e apreciadas, peças que moldam a nossa singularidade. Eles são lindos, mas eles são apenas uma parte pequena, da nossa beleza. Até mesmo a ausência de certas características físicas não é um impedimento de belo físico, não em todos. Beleza de superfície é uma opinião que é ao mesmo tempo subjetiva e facilmente maleável, em constante evolução. É por isso que eu encorajo-os, para olhar para além do espelho, ou melhor, ainda, fechar os olhos e encontrar a beleza lá. Encontrar a beleza em sua respiração, seu batimento cardíaco, o fato de que você está vivo. Encontrar a beleza em seus pensamentos, em sua capacidade de se movimentar e criar. Mas acima de tudo, encontrar a beleza na sua capacidade de amar, que é, essencialmente, o exemplo mais poderoso de beleza na existência. Temos a capacidade de amar, de mostrar compaixão e esperança e luz em um mundo que às vezes pode se sentir tão tumultuada e escuro, que são à força de mudança e de bondade. Não é tão surpreendente e poderoso? Talvez quando percebemos a importância de nós mesmos, de nossos sonhos, nossa criatividade, a nossa respiração, nosso amor, então seremos capazes de ver também a verdadeira beleza e exclusividade dos nossos exteriores. O fato de que somos cada um maravilhoso e importante, que sob as nossas adoráveis capas encontra-se uma história completamente perfeita, aquela que é tão extremamente vibrante e bonita. De qualquer maneira, estes são apenas alguns pensamentos. Eu não sei tudo e eu não te conheço, mas mesmo assim, eu sei essas duas verdades simples: Você é linda (o), e sempre será.

 

Nada mais justo do que deixar pra lá quem já te deixou 🔮☁
 

hipocrisia.

Vivemos em um mundo de mentiras, falsos sentimentos, atitudes forçadas, hipocrisia. Tenho a impressão de que o mundo é montado, tem roteiro, personagens…. pura ficção. É só uma impressão. Observo tudo ao meu redor com muita atenção e cada detalhe é considerado, e o que eu vejo? Sorrisos fingidos, amores traídos, gente pisando em gente, um ar contaminado pela inveja. O motivo da minha felicidade é que às vezes me deparo com pessoas de verdade, que olham no olho, são transparentes, sem mistérios. Elas são aquilo que se mostram para você. Estas pessoas de caráter admirável e sentimentos puros não se deixam levar pela onda de falsa devoção. O jeito é respirar fundo e ficar atento àqueles que realmente fazem a vida valer a pena.
 

Esperança.

Pois onde houver um céu estrelado existirá sempre a esperança de que o amor atravessa fronteiras e nunca permita que ninguém diga o contrário, afinal não existe distância para o amor. Para quem se ama a distância é apenas um passo para a eternidade e felicidade e através de sonhos, do sentir, eu te desejo e sussurro palavras ao vento e espero que possam chegar aos teus ouvidos e eternizar minha existência, mesmo que falem que não existam esperanças, pois o amor supera as grandes barreiras e torna sonhos impossíveis em realidade existem muitas coisas inexplicáveis e o amor pode nos tocar e durar por toda uma vida acreditar é preciso e sentir é necessário.

 

Meninas.

Existem meninas que vive tentando desesperadamente agradar aos outros para agradar a si mesma, algumas que quando não sucumbe a ditadura da sociedade consumista cai em depressão, que precisa viver mentindo para ser aceita em algum grupo de iguais, que é obrigada por livre espontânea pressão de si mesma a ficar com meninos que jamais sequer teria amizade simplesmente para agradar amigas ou aquelas que são forçadas a imitarem os adultos agindo como eles, como na verdade queriam apenas era brincar de bonecas.

 

Minha vida.

Tenho guardado em mim aquilo que sobrou dos que me deixaram, carrego comigo um pouco de cada tristeza, de cada sorriso e de cada esperança. Lembro de perder a cabeça com cada um deles, lembro de ter sido uma vez o motivo de lagrimas e de olhares brilhantes. Lembro de que uma vez fiz alguém muito feliz, lembro quando fui o primeiro amor de alguém e da primeira vez que parti um coração. Por mais triste que tudo isso pareça, não é bem assim, cada memória que um amor me deixou me fez quem sou hoje, cada momento feliz me deixa um oceano de saudades e cada momento triste, me da anos de experiência. Com cada um deles aprendi a observar os outros de um jeito diferente, aprendi que os pequenos detalhes nos mostram quem realmente somos. Aprendi com meu primeiro amor, que sempre parece que é o fim, mas nunca é. Aprendi com ele que não se tem idade para amar, e que o amor é o sentimento mais puro e destruidor que um ser humano pode sentir. Já com meu segundo amor, aprendi que nem sempre é amor, que as vezes é paixão ou uma queda. Aprendi com ele que as vezes é melhor não forçar algo que não da certo, e o mais importante de tudo, aprendi que sempre existe amor (ou no caso, paixonite) para recomeçar. Com vários que chegaram e depois partiram, apenas uma pessoas permaneceu, e não seja bobo de pensar que foi você ou qualquer outro amor que ja passou pela minha vida. De idas e voltas, eu fiquei, eu mesma me acolhi, sequei minhas lagrimas e me apoiei quando todos viraram as costas. Eu levo minha vida, tropeçando aqui e ali, mas eu levo. Levo a minha bondade e maldade, lado a lado. Eu tenho meu lado acolhedor e destruidor. Eu sou um pouco de mim e muito dos outros. Vocês se foram, mas uma parte ainda esta comigo e sempre estará. Afinal, tenho guardado em mim aquilo que sobrou dos que me deixaram.